PROGRAMAÇÃO MENTAL BASEADA EM TRAUMA

Programação Mental Baseada em Trauma

Uma prática que nos dá a dimensão da perversidade e monstruosidade deste mundo. Trata-se da progamação mental mediante trauma, realizada para vários fins desde a antiguidade, mas que ganhou cores históricas do século XX para precipitar a Nova Ordem Mundial.

As elites, por intermédio de seus serviços secretos (CIA, MI6, Mossad etc) e das forças militares (todas a seu serviço), criaram um vasto programa de contorle mental, iniciado principalmente em crianças, e com propósitos de criar escravos mentais totalmente submissos, capazes de performar operações sem que se lembrassem delas ou sem que pudessem se opor a elas, caso contrariassem seus princípios.

As aberrações a partir dessa verdadeira instituição satânica do Controle Mental são quase inacreditáveis para a pessoa comum.

No entanto, por mais desconfortável que seja, é necessário saber. É necessário orientar a nossas crianças e jovens que os "ídolos" da indústria do entretenimento não são o que parecem, mas apenas pobres escravos mentais a serviço da deterioração moral da sociedade e da criação de outros escravos mentais para uma Nova Ordem Mundial, que seria um "campo de concentração sem dor", consoante palavras de Aldous Huxley, autor do famoso "Admirável Mundo Novo" ("Brave New World").

Clique aqui para ver algumas imagens pitandas pela sobrevivente de controle mental Monarca e artista plástica Kim Noble, que possui mais de 20 personalidades dissociadas (aviso de imagens perturbadoras e impróprias para menores de 18 anos).

Escravos e escravas mentais foram e são muito utilizados em "black ops" ou "Covert actions", pois o escravo monarca faz coisas frontalmente contrárias a sua vontade e a seu livre arbítrio, e muitas vezes sem consciência. Exemplos do eprego de escravos mentais são: em ataques de falsa bandeira, em assassinatos, em pornografia, em tortura, em espionagem, além de serem largamente utilizados no mundo do entretenimento em Hollywood. O terrorismo também é setor que emprega muitos escravos mentais.

São classificados segundo o estado mental (ou onda mental) em que o controle mental se opera: beta, delta, gama etc. Ou seja, escravas beta (são principalmente mulheres) estão controladas em estado de vigília. Escravos delta são controlados em estado de sono profundo, e não se lembam de nada que fizeram.

Parece ser um bom exemplo o anunciado assassino do irmão de John Kennedy,  Bob Kennedy, chamado Sirhan Bishara Sirhan. Sirhan jurou inocência até o fim, e diz que não se lembra de ter matado ninguém. 

Assim parece ser que escravos delta são perfeitas "longa manus" para cometimento de crimes sem qualquer ligação com o verdadeiro autor ou mandante, porque o escravo sequer sabe quem é seu controlador (manipulador ou handler).

Existem inúmeros relatos de sobreviventes desses projetos que contam em detalhes sua realidade, suas vivências, suas experiências. Faça a pesquisa, enfrente a verdade.

Sem consciência, não há liberdade. Sem liberdade, não há paz ou felicidade.